Pular para o conteúdo

Fernanda teve crise de asma e parada cardíaca na madrugada deste domingo (25/08).

História

Fernanda Young nasceu em Niterói (RJ), começou a fazer a faculdade de Letras na Universidade Federal Fluminense, Jornalismo na Faculdade Hélio Alonso, depois se mudou para São Paulo e começou a cursar Rádio e TV na FAAP, mas não concluiu nenhum dos cursos. Fernanda jurou que nunca mais pisaria em uma faculdade por conta de suas experiências desagradáveis, mas atualmente estava cursando Artes Plásticas na FAAP.

Em 1993, Fernanda se casou com o escritor e roteirista Alexandre Machado, eles tiveram as gêmeas Cecília Madonna e Estela May em 2000 e 7 anos depois viria a engravidar novamente, mas acabou sofrendo um aborto espontâneo no 4º mês de gestação. Abalada, entrou na fila de adoção e em 2010 adotou seus dois filhos Catarina Lakshimi e John Gopala.

Carreira

Em 1995, Fernanda estreou como roteirista no programa “A Comédia da Vida Privada”, da Rede Globo e em 1996, lançou o primeiro livro, “Vergonha dos Pés”. Uma de suas séries de maior sucesso foi “Os Normais”, comédia estrelada por Luiz Fernando Guimarães e Fernanda Torres.

Em 2006, Fernanda Young estreava seu programa no GNT “Irritando Fernanda Young” e em 2012 “Confissões do Apocalipse”. Foi indicada duas vezes ao prêmio de melhor comédia do Emmy Internacional e seu último trabalho como roteirista foi na série “Shippados” que estreou esse ano na plataforma de streaming Globo Play. Como autora, Fernanda lançou pelo menos 14 livros.

Em 2009 posou nua para a revista “Playboy” que vendeu acima das expectativas. Em 2013 foi protagonista da série “Surtadas na Yoga” que contava a história de três mulheres e o que elas faziam para não surtar.

Morte

A atriz, escritora, roteirista e apresentadora de TV faleceu na madrugada do domingo (25/08) em Minas Gerais. Fernanda estava prestes a estrear a peça “Ainda Nada de Novo” e foi ao sítio da família relaxar e passar os textos. A atriz teve uma crise de asma seguida de uma parada cardíaca. O corpo foi velado em São Paulo e o enterro foi no Cemitério de Congonhas, vários artistas e amigos foram prestar a última homenagem.